Perguntas Frequentes

Existe "Formação em CNV"?


A CNV, muito mais que uma matéria, é como uma nova lingua. Assim como aprender inglês ou alemão, para nos tornarmos fluentes, precisamos, além de aprender a gramática, treinar e entrar no mundo, e conviver com pessoas fluentes nessa linguagem.
Quando pensamos em um aprofundamento em Comunicação Não-Violenta, pensamos nesse caminho para nos tornarmos fluentes, ou seja, aplicarmos a CNV em nossas vidas de forma natural e fluida. Isso englobaria não só a gramática (tudo o que podemos escrever e compartilhar sobre a CNV), mas também a prática.
Por esse motivo e também por percebermos a dominação contida em nossos sistemas de aprendizagem, a comunidade CNV questiona a a legitimidade de uma formação como um fim, ou seja, se você quer se aprofundar, o caminho é buscar conhecimento, mas mais ainda, buscar viver a CNV em sua vida




Mas como me aprofundar nessa linguagem?


Se você deseja tomar essa decisão de vida, o caminho é simples: prática, comunidade e tempo. E há diferentes caminhos para isso. O primeiro e mais natural caminho é a imersão do aprendizado em seu dia a dia com a sua comunidade. No Brasil, a comunidade CNV tem crescido abundantemente composta por pessoas altamente engajadas e dispostas a compartilhar o que sabem. Se envolver em treinamentos e grupos de práticas já existentes, além de seguir em seu treino diário é um lindo caminho que incentivamos que percorra. Outro caminho, mais profundo em compromisso e tempo, é o caminho de certificação criado por Marshall Rosenberg nos EUA comandado pelo centro também criado por ele CNVC (Centre of Non-Violent Communication). Esse caminho, nada mais é que um caminho estruturado para que você possa seguir sua imersão e prática com mais mais vigor. É chamado de certificação porém se diferencia profundamente do que comumente identificamos como certificações. É um processo de aprofundamento para apoiar quem esteja realmente engajado a fazer fluente a CNV em sua vida. Nós, do Instituto CNV Brasil não temos nenhuma ligação direta com o CNVC, porém, incentivamos e trazermos a possibilidade de nos aproximarmos das práticas propostas por eles trazendo treinadores certificados pelo CNVC em treinamentos e imersões de aprendizagem.




Como me tornar treinador em CNV?


Se você busca ser treinador, antes de tudo, pense se você realmente quer seguir com profundidade na prática. CNV sem prática é como saber a gramática sem falar a língua. Caso seja o seu desejo compartilhar a CNV, recomendamos que conheça o CNVC - Center for Nonviolence Communication, centro criado pelo próprio Marshall Rosenberg para preservar o compartilhamento da CNV pelo mundo. Infelizmente não há muitas informações em português, ainda assim recomendamos a leitura dos seguintes links: - Se procura conhecer mais sobre o caminho da certificação: http://www.cnvc.org/es/introduccin-al-proceso-de-certificacion - Se busca ser treinador e não tem interesse na certificação (esta também é uma opção): http://www.cnvc.org/pt-pt/diretrizes-para-o-compartilhamento-cvn




Há algum treinamento certificado no Brasil?


Ainda não sabemos de treinadores certificados pelo CNVC que estejam no Brasil, por isso, convidamos periodicamente treinadores certificados de outros países para que venham ao Brasil. Veja informações sobre próximos treinamentos em nossa aqui. Mas atenção! Isso não significa que não há treinadores sérios e de muito valor no Brasil. A certificação é apenas um dos caminhos de aprofundamento. Recomendamos a busca por variedade, tendo contato com diferentes treinadores para aprender diferentes maneiras de transmitir a CNV.




O que fazer para conseguir aplicar a CNV na prática?


Esse pode ser o maior desafio no caminho de aprendizagem da CNV. E é por isso que para incorporar a CNV em profundidade recomendamos: - Crie uma grupo de apoio - é fundamental que você não esteja sozinho em seu caminho de aprendizagem, ter outras pessoas que também estão incorporando a CNV em suas vidas ao seu lado é fundamental para que você possa sustentar o processo. Aqui apoiamos este processo com os Círculos Empáticos, vocês consegue saber mais sobre eles clicando aqui. - Faça um diário de prática - rever as situações do seu dia pelas lentes da CNV, mesmo que você não tenha conseguido praticar durante o dia já é um lindo começo. - Siga treinando - se puder, participe de vários treinamentos introdutórios. A CNV é simples, temas mais profundos começarão a aparecer após muito praticar. Saiba mais sobre os nossos cursos aqui.





Brasília - DF

Receba atualizações

 Contato (Erika Moulin): (61) 99999-8628

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

© Instituto CNV Brasil 2019